segunda-feira, 3 de maio de 2010

ESPECIAL HOMEM DE FERRO 2 - Critica


Conspirando a favor!

Depois de arrebatar platéias do mundo inteiro e boa parte da critica com Homem de ferro, valendo-se principalmente do fator surpresa, a Marvel Studios tem com seu segundo filme – justamente a continuação de Homem de ferro, a dubiedade das expectativas. Homem de ferro 2 (Iron man 2,EUA 2010) foi concebido para ser o melhor e maior filme da temporada. Ser o primeiro a estrear ajuda nesse sentido. Cientes de que teriam que acertar em tudo que acertaram no primeiro filme e ainda propor mais, os produtores, o diretor Jon Favreau e o roteirista Justin Theroux (que também é ator) convergiram em jogar a favor de Robert Downey Jr., o astro da franquia e, atualmente, o principal Hollywood star.
Homem de ferro 2 tem mais efeitos especiais, mais personagens, mais merchandising e mais Robert Downey Jr. Diferentemente do primeiro filme, onde Downey Jr teve de investir no carisma para fazer graça, o roteiro do novo filme investe nas piadas e no humor sarcástico de seu protagonista. Até mesmo o motorista de Stark, Happy (vivido pelo diretor/ator Jon Favreau) tem seus momentos cômicos. Esse acerto não esconde as deficiências da fita. Como toda a continuação que se propõe maior e mais povoada, Homem de ferro 2 tem seus problemas com arestas mal aparadas. Os personagens secundários não são desenvolvidos a contento e resplandecem no vigor de seus intérpretes. Enquanto Mickey Rourke e Sam Rockwell fazem caricaturas engraçadas e bem sacadas, Gwyneth Paltrow sofre com sua personagem, que encolheu em relação ao primeiro filme, e Scarlett Johansson é outra que não tem muito tempo em cena.


Cara a cara com o mother fucker: Samuel L. Jackson volta como Nick Fury em Samuel L. Jakcson style


No filme, passado logo depois do final do primeiro, Tony Stark é pressionado pelo governo americano a entregar a armadura do Homem de ferro. Paralelamente a isso, sua saúde se deteriora e ele se divide entre seu ego inflamado e o comportamento autodestrutivo de quem beira o precipício. Favreau acertou em não enveredar pelo drama; quem gostou e se identificou com o primeiro filme poderia rejeitar essa nova abordagem. Afinal, o homem de ferro tem uma personalidade bem diferente do Batman. Contudo, a comédia as vezes atrapalha quando se quer falar sério e vice versa. Um problema de ritmo que não acometia o primeiro filme. É a tal coisa de querer abraçar o mundo.
Robert Downey Jr em uma das cenas mais apoteóticas do novo filme: o ator, para variar, é o dono do show novamente


O roteiro de Theroux é muito bom. Diálogos ágeis, sacadas espirituosas (“Eu privatizei a paz mundial com sucesso”, para ficar em um exemplo cabal) e cenas apoteóticas (como a primeira aparição do chicote negro no GP de Mônaco) ajudam a fazer de Homem de ferro 2 algo bem próximo das pretensões de seus idealizadores. É um senhor filme de verão. Agradável, inteligente, movimentado e tem Robert Downey Jr. Tudo que um bom blockbuster pode querer. Mas não é melhor que o primeiro. O que não chega a ser um demérito, mas comprova, uma vez mais, o espetáculo maior que o mundo que foi Batman-o cavaleiro das trevas.

4 comentários:

  1. Prezado
    Boa noite!
    Legal seu blog.
    Abcs
    Alexandre Taleb
    Consultor de Imagem
    Blog: http://ataleb.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Reinaldo,
    Ainda não assisti, mas gostei da sua análise, foi justa porque reverenciou o roteiro e a idealização dos produtores, mas ao mesmo tempo, confessa que a continuação não ficou tão boa quanto o primeiro. Eu também tinha essa intuição,mas acho que o ponto alto é exatamente colocar a estrela pra brilha e, Robert Downey está mais reluzente do que nunca.

    PS: Fiquei curiosa para ver logo. Pra vc falar que o roteiro é "Muito bom", então Theroux fez a lição de casa direitinho.

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Eu não gostei tanto. Mas o meu problema é com o personagem em si que para mim é um playboy arrogante egocêntrico que salva o mundo, e isso não me atrai nem um pouco. De fato, as melhores coisas - para mim - foram os ganchos para o provável Os Vingadores (com destaque para o escudo do Capitão América e o SHIELD)

    ResponderExcluir
  4. Alexandre:Obrigado Alexandre. Fico feliz que tenha gostado. Volte sempre. Será super bem vindo!

    Madame:O roteiro é esperto sim madame. Como eu disse, oferece tudo que um bom blockbuster pode pedir. Bjs

    Luis:Eu percebi pela sua critica que vc não simpatiza com o personagem. Isso acontece. Mas muitos heróis são egocentricos, se vc conhece bem os quadrinhos, sabe que o Bruce Wayne/ Batman é um dos caras mais egocentricos do mundo.
    Esse mega crossover da Marvel no cinema promete. Vamos aguardar!
    ABS

    ResponderExcluir