quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Movie Pass

Joquim Phoenix pode estar se despedindo do cinema, mas deixa para trás a marca de um interprete devotado a seus personagens. Essa constatação pode ser aferida, por quem ainda não viu, em Os contos proibidos do marquês de Sade (Quills, EUA 2000), filme em destaque no Movie Pass dessa semana. O filme, que captura o momento de exuberância criativa e subversiva do Marquês que deu origem ao adjetivo sadismo, é um deleite em muitos aspectos. O filme vale pelo tema em si e pelo entrosamento do elenco. Que conta com nomes como Michael Caine, sublime como o inquisidor safado, Geofrey Rush que dá vida e fôlego ao marquês de Sade, Kate Winslet, que vive com sensualidade e recato uma noviça cheia de curiosidade em torno de sua sexualidade e Phoenix que vive um padre assombrado pela tentação representada por Winslet. O filme, embora tenha concorrido a 4 oscars, inclusive melhor ator para Rush, permanece desconhecido do grande público. No entanto, esse peculiar e inteligentíssimo filme de Philip Kaufman é objeto de culto na horda cinéfila, muito em parte pelo que foi dito e muito em parte pelo que se descobre ao assisti-lo.


2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi Thayis, tudo bem sim. Que boa notícia. Vou dar uma espiada lá. Bjs

    ResponderExcluir